Broward Center vai passar por reformas no ano que vem

0
711

Centro de artes vai ganhar restaurantes e cafés à beira do rio

Em breve, o Broward Center for the Perfoming Arts passará por uma reforma de $44 milhões, que acrescentará uma série de melhorias no famoso centro de artes de Fort Lauderdale, incluindo terraços debruçados em cascata, terminando em um bar coberto à beira do rio.

“Estamos tentando capitalizar a excelente área em que estamos localizados, à beira do rio, e assim convidar os que passam pelo Riverwalk para nos conhecer”, disse Kelley Shanley, CEO do Broward Center.

A reforma do Broward Center vem acompanhada de melhorias em outros centros de artes de alto nível, desafiando o atual panorama econômico negativo e a fama de região avessa às artes em geral que alguns atribuem ao Sul da Flórida. O Museum of Discovery & Science, vizinho ao Centro, inaugura uma nova ala em 11 de novembro; o anexo para a família Young, do belo prédio do Art Museum, está quase pronto em Davie; e o Creative City Collaborative, um projeto da cidade de Delray Beach, e que este ano inaugurou o Arts Garage, de popularidade instantânea, planeja um ambicioso centro cultural num armazém abandonado de 15,000 pés quadrados no centro da cidade.

São apenas alguns exemplos do momento de renascença cultural por que passa o Sul da Flórida.

Vinte anos atrás, entusiastas da boa arte transformaram $56 milhões e um terreno vazio no centro de Fort Lauderdale no Broward Center for the Perfoming Arts, um dos 10 mais populares centros de arte do país (em venda de tickets, de acordo com a Pollstar). Ainda que o belo projeto inicial e a excelente acústica dos seus teatros permaneçam de alto nível, Shanley pensa que é hora de trazer tecnologia de ponta para casa, e erguer o centro para “um outro patamar”.

O CEO diz que uma das prioridades do projeto, que terá 50% dos fundos em verba pública, será a abertura de mais espaços para alunos da rede pública, no que promete ser o maior projeto gratuito artístico-educativo do país. O projeto incluiu um novo Centro Educativo, com mais salas de aula e mais espaço para workshops.

“Decidimos também prestar mais atenção na experiência dos visitantes quando vêm ao centro e de como ela poderia ser melhorada de alguma forma”, disse Shanley. “O modo como as pessoas encaram o entretenimento tem sofrido mudanças ultimamente”, acrescentou.

Para isso, a reforma vai incluir o Peck Courtyard & café, coberto de toldos retráteis, que vai servir comidas leves e oferecer atividades para antes e depois dos shows; o Premier Level Space, que servirá cocktails com vista para o palco; e o Hillside Terrace & Bar, onde será possível saborear um bebida rodeado de boa cultura.

As obras começam no próximo verão, e o centro permanecerá aberto durante o período das obras, que devem demorar de 18 a 24 meses.