Bush pressiona conservadores

0
696

Presidente acusa oponentes da reforma de estarem amendrontando os americanos

Da redação
O presidente George W. Bush, em recente passagem pela Geórgia, defendeu mais uma vez sua proposta de reforma imigratória e acusou os adversários do projeto de estarem “atemorizando” desnecessariamente os cidadãos norte-americanos.
“Se você quer amendrontar o povo, é só dizer que o projeto é uma anistia. Isso é política de retórica em tentativa de assustar os cidadãos”, afirmou Bush.
Experts consideraram esse o mais contudente discurso de Bush em defessa da reforma imigratória. Pela primeira vez o presidente atacou frontalmente a parte conservadora da sua base republicana, que insiste em ganhar apoio popular à sua oposição argumentando que, no passado, milhões foram anistiados e isso permitiu que milhões de outros imigrantes acorressem ao país. Opositores da reforma são contundentes em afirmar que a reforma é um plano de anistia, disfarçado.
Na primeira semana de discussão sobre a reforma, quando algumas emendas já foram aprovadas (veja abaixo cobertura sobre as votações).

Acompanhe a votação ao vivo pela C-Span )

Leia na íntegra o texto da Reforma Imigratória

Matérias Relacionadas

Sistema de pontuação pode favorecer imigrantes asiáticos e da América do Sul

Reforma pode agregar o plano Dream Act

Senado mantêm o Guest Worker Program

Senado volta “morno” do feriado

Maioria dos americanos apóia legalização de imigrantes ilegais
Mais três emendas à reforma serão votadas