Caem as mortes de imigrantes no Arizona

0
570

O número de mortes de imigrantes sem autorização para residir nos EUA diminuiu ao longo da fronteira do Arizona, apesar de registrar 132 falecimentos em 10 meses, divulgou a Patrulha Fronteiriça.

O total, até 31 de julho, pressupõe uma redução de 38% em comparação com os 212 imigrantes mortos durante o mesmo período de 10 meses do ano fiscal anterior.

Segundo o diário Arizona Republic, a queda de 38% corresponde a um declínio de 44% na captura de imigrantes ilegais efetuada pela Patrulha Fronteiriça do setor de Tucson, que monitora quase toda a fronteira do Arizona com o México.

Até julho, a Patrulha Fronteiriça do setor efetuou 109.000 detenções, em comparação com as 194.065 do mesmo período do ano anterior. A redução das detenções deve-se a uma maior vigilância na fronteira, ao mau tempo ou à diminuição de ofertas de trabalho, afirmou o grupo defensor dos direitos humanos Border Action Network.