Histórico

Califórnia registra primeiros processos contra empresas que contratam ilegais

Processos estão sendo formuladas por empresas concorrentes que se queixam de concorrência desleal

Algumas empresas da Califórnia, incomodadas com o fato de empresários do mesmo segmento se beneficiarem do baixo custo da mão-de-obra ilegal, estão entrando na justiça com processos contra seus concorrentes. A queixa: concorrência desleal.
Os queixosos afirmam que, explorando a mão-de-obra imigrante, seus concorrentes conseguem ser mais competitivos no mercado. A intenção deles é reforçar as leis anti-imigrantes desincentivando outras empresas a contratarem ilegais.
A primeira queixa foi formulada na terça-feira.Uma agência de empregos do segmento agrícola está procssando outros três competidores.
Segundo o processo a empresa Munger Brothers teria contratado mais de 600 colhedores ilegais no segunto trimestre deste ano.

Baixe nosso aplicativo