Câmara aceita pacote de alívio de imposto predial do Senado

0
626

Contribuintes estavam reclamando do aumento crescente das taxas

A Câmara de Deputados da Flórida aprovou um pacote de alívio de imposto predial na noite de segunda-feira, 29 de outubro, que promete uma economia média de US$220 aos proprietários de imóveis do estado, ao colocar uma emenda constitucional para ser votada a nível estadual no plebiscito de 29 de janeiro do próximo ano.
Após um dia de debates acalorados, a Casa votou pela aceitação da oferta proposta pelo Senado de oferecer aos donos de imóveis uma isenção extra de US$15,000, ao estabelecer 10 por cento de valorização anual sobre propriedades que não sejam destinadas a moradias. Mais importante, permitirá aos proprietários do imóvel tirar proveito dos benefícios dos programa Save Our Homes quando quiserem adquirir uma nova casa.
O governador Charlie Crist ficou exultante com o resultado e chamou de um dia histórico na Flórida e uma vitória para os contribuintes que estavam reclamando sobre o crescente aumento dos impostos prediais.
Numa reviravolta, que começou numa sessão especial realizada dia 12 de outubro, o pacote propondo o corte de impostos foi aprovado no Senado por 35 votos a favor e 4 contra, para que seja colocado num plebiscito marcado para o dia 29 de janeiro de 2008.
Na Câmara, membros dos dois partidos estavam discordando da proposta, expressando desapontamento ao dizer que os cortes ficaram aquém do esperado e que não eram dirigidos às pessoas que estão pagando impostos mais elevados. Mesmo assim, aprovaram o plano, avaliando ser o plano patrocinado pelo Senado melhor do que não ter nada para apresentar aos eleitores em janeiro. Os votos vieram, sobretudo, quando muitos parlamentares concluíram ser o elevado valor dos impostos a causa da brusca queda no mercado imobiliário e da economia estar em ritmo lento.
O plano favorece pouco os donos de imóveis do sul da Flórida, argumentaram membros da Câmara, notando que os novos e os recentes compradores não terão direito a nada, exceto à isenção extra de US$15,000 para o imóvel onde moram. “Se você tem uma casa no valor de US$400,000 nos condados de Palm Beach ou Broward, seu imposto predial de US$7,500 será reduzido para US$7,200”, concluiu o deputado David Simmons, republicano de Maitland.