Câmara reafirma que não apoiará reforma imigratória ampla

0
745

Os representantes da Câmara Federal dos Estados Unidos afirmaram que não apoiarão uma reforma

Os representantes da Câmara Federal dos Estados Unidos afirmaram nesta sexta-feira que não apoiarão uma reforma ampla para os imigrantes ilegais. Prioridade será aumentar segurança na fronteira e deter a travessia ilegal através dos países fronteiriços.
“Não podemos dar respaldo a um projeto de anistia”, afirmou Dennis Hastert, presidente da Câmara Baixa (Casa de Representantes). Dennis se refere ao projeto aprovado em maio pelo Senado norte-americano, que prevê a legalização de quem esteja nos EUA há mais de dois anos, com visto temporário de trabalho. Quem estiver ilegal há mais de cinco anos pode, de acordo com o projeto de lei, aplicar para o green card e posteriormente para a cidadania.
A proposta de lei também prevê mudança na Loteria de Vistos, aumento na vigilância das fronteiras, autorização para construção de um muro na fronteira com o México e pune empregadores que contratarem indocumentados.