Campanha nacional pela reforma

0
531

Quatrocentos grupos em todo o país se uniram para pedir apoio

“Nossa visão da reforma incluiria imigrantes e cidadãos nascidos nos Estados Unidos trabalhando lado a lado para obter melhores salários, condições e proteções trabalhistas”. Com esta frase foi anunciada em Nova York, nesta segunda-feira, uma campanha nacional para denunciar as falhas do atual sistema imigratório, e exigir da Casa Branca e do Congresso uma nova legislação que permita legalizar os 12 milhões de indocumentados que vivem no país.

Ativistas de costa a costa e de norte a sul ativaram também uma página de internet para que todos que desejem apoiar a medida enviem uma mensagem a seu deputado e seu senador para que votem a favor de uma reforma imigratória ampla que inclua, entre outros, um componente de segurança nacional, outro de segurança trabalhista para os trabalhadores e um caminho para que milhões de indocumentados possam requerer a residência permanente.

Denominada ‘Reform Immigration FOR America’ ou ‘Reforma Imigratória PRO América’, a campanha iniciará simultaneamente em pelo menos 30 cidades e contará com a participação, entre outros, de organizações religiosas, sindicatos, ativistas de grupos não governamentais, grupos defensores dos direitos civis e dos direitos humanos, comentaram os organizadores.

“O impulso que toma agora a reforma (imigratória) está de nosso lado. Gozamos de uma convergência sem precedentes da liderança do presidente, um Congresso com nova energia, e um forte apoio do público para obter uma reforma”, disse à agência The Associated Press Chung-Wha Hong, diretora executiva da Coalizão de Imigrantes de Nova York, um grupo que participa da iniciativa. “Depois de anos de tentativas frustradas, há um forte consenso que, desta vez, levaremos à reforma até o objetivo”, acrescentou.