Campeonato Brasileiro a todo vapor

0
868

Apesar da Copa América, o Brasileirão segue emocionante com jogos bem disputados

O encavalamento do Campeonato Brasileiro com a Copa América prova inequivocamente que a CBF precisa adequar seu calendário de competições ao calendário europeu, como, aliás, já fazem Argentina, Uruguai e México, por exemplo.

Os mais tradicionalistas protestam e dizem ser um absurdo os jogadores brasileiros terem o período de férias no inverno em vez de ser no verão, como ocorre na Europa. É verdade, mas esta adequação pouparia uma série de problemas para as equipes e para os selecionados nacionais.

Durante a disputa desta Copa América, o Santos vem sendo o grande prejudicado por ter cedido seus três melhores jogadores para o selecionado nacional, treinado por Mano Menezes. No próximo mês, o próprio Santos, o São Paulo e o Flamengo serão os principais prejudicados, porque seus jovens estarão servindo a Seleção Brasileira Sub-21, que disputará o campeonato mundial da categoria.

Aí, os clubes ficam tentando evitar que seus atletas sejam escolhidos para não desfalcá-los durante as competições entre seleções. Seria justo se não fôssemos pensar na situação das comissões técnicas das equipes brasileiras. Ora, como eles disputariam competições de alto nível sem poder contar com aquilo que têm de melhor à disposição. Pior ainda, sendo responsabilizados diretamente em caso de campanhas fracassadas.

Consequentemente, os torneios acabam interferindo na tabela do Brasileirão. Este final de semana, por exemplo, por conta da classificação do Brasil para as quartas da Copa América, foi necessária uma alteração na tabela de jogos programados pela CBF.

E isto reflete-se na programação de transmissões de jogos. A PFC, emissora totalmente dedicada às transmissões de futebol, precisou adaptar-se ao novo cenário e até mesmo prever o novo horário do jogo entre Palmeiras e Flamengo, remarcado para próxima quarta-feira – jogo importante reunindo o vice-líder e o quarto colocado do Campeonato Brasileiro.