Canais do Sul da FL contaminados com coliformes fecais

0
445

As autoridades estaduais estão investigando as causas mas os principais suspeitos são os cachorros, os guaxinins, barcos, fossas sépticas e indigentes em West Boca

As autoridades ambientalistas do estado da Flórida estão preocupadas. Segundo o levantamento feito pelos especialistas, 16 canais dos condados de Broward, Miami-Dade e Palm Beach revelaram níveis excessivos da bactérias encontradas nos coliformes fecais, indicando a presença de dejetos humanos ou de animais.

Nas reuniões ocorridas na última semana em Plantation e em Miami, os representantes do Departamento de Proteção Ambiental da Flórida disseram às autoridades locais que as fontes da contaminação estão sendo investigadas e os planos de limpeza preparados para serem executados.

Os resultados podem custar caro para as cidades e para os proprietários de imóveis, pois terão de financiar a melhoria no tratamento de sistemas de água recolhidas de enchentes, aplicar multas mais severas para que os donos de cães recolham as fezes dos animais, obrigar as residências a trocar fossas sépticas pelos sistemas de saneamento e tomar outras medidas para reduzir o fluxo de dejeto humano e animal nos canais da regiãos.

Para Jan Mandrup-Poulsen, que comanda a Seção de Avaliação de Bacias Hidrográficas do Departamento de Proteção Ambiental da Flórida, deve haver uma campanha de conscientização da população a fim de corrigir estes problemas, para que as pessoas saibam que há uma relação de causa e efeito.

Nem é preciso dizer que as autoridades recomendam a todos os moradores que evitem entrar nestes canais, sobretudo neste período mais quente do ano.