Carolina do Sul aprova lei imigratória dura

0
379

Após duas semanas de suspensão do debate, a Câmara de Deputados da Assembleia Legislativa da Carolina do Sul aprovou esta terça-feira, por 69 votos a favor e 43 contra, uma lei que obriga a polícia local (estadual e municipal) a checar o status de imigratório de suspeitos e exige que todas as empresas revisem suas contratações através do programa federal E-Verify.

Depois de aprovada nas duas câmaras, a lei foi enviada para a governadora Nikki Haley, que confirmou sua promulgação nos próximos dias.

Carolina do Sul é o mais recente de uma série de estados que implantaram estas exigências. O primeiro foi Arizona. Depois, vieram Texas, Utah, Geórgia e Alabama, dentre uma longa lista de estados e condados que aprovaram leis para combater a imigração indocumentada.

Se Washington se nega a apoiar com efetividade nossos agentes da ordem aplicando as leis de imigração, resta aos estados levantar-se e fazer a coisa certa, disee o parlamentar Bobby Harrell, do Partido Republicano e presidente da Câmara. Isto é exatamente o que a Carolina do Sul fez para assegurar que nossos agentes tenham as ferramentas necessárias durante este momento de indecisão federal, completou.