Carreira em alto mar

0
667

Em breve estada em Broward, Geraldo Sá vai entrevistar candidatos para grupo que se apresenta em cruzeiros marítimos

A comunidade brasileira conhece bem o músico Geraldo Sá, que divulga a cultura brasileira pelos sete mares: mineiro de Belo Horizonte e com uma carreira consolidada pelos 22 anos de apresentações em vários cantos dos Estados Unidos, ele vem se dedicando a shows em cruzeiros marítimos. Ele acaba de chegar de uma longa viagem no magnífico ‘Coral Princess’, quando teve oportunidade de cantar e tocar com seu grupo para cerca de duas mil pessoas por semana, inclusive na noite do Réveillon.

Os poucos dias que passará em terra – sua próxima partida será no dia 20 de janeiro – Geraldinho aproveitará para matar as saudades dos amigos e de sua casa em Broward, mas tem em mente um objetivo bem claro: ele quer contatar e entrevistar músicos, de preferência brasileiros, para fazer parte de seu grupo musical nos shows em alto mar. “Precisamos de bons músicos, com a documentação regularizada e disponíveis para longas viagens”, explica o mineiro, que tem contrato com os navios da chancela Princess até 2010.

Nos passeios ele canta muita música popular brasileira, principalmente números de Bossa Nova, e sucessos de Frank Sinatra e Tony Bennett, além de canções latinas. Por isso, ele procura por pessoas versáteis, de qualquer idade, que queiram mostrar seu talento. “Não é necessário conhecimento de partitura, mas é claro que isso ajuda, nem de equipamento próprio, pois tudo é providenciado pela organização da companhia, inclusive técnicos de som e luz”, conta.

Geraldinho está satisfeito com a carreira.
O feedback é sempre positivo, pois apresentamos um show diversificado”, ressalta. Além disso, tudo é pago pela empresa, desde as acomodações, as refeições, as passagens e muito mais. “Trata-se de uma excelente possibilidade de expandir os horizontes, conhecer lindos destinos turísticos e ainda ser pago para isso”, afirma o músico, que já visitou mais de 100 países depois que ingressou na atual atividade.

No último cruzeiro, Geraldinho embarcou no Coral Princess em novembro de 2008 no Port Everglades, viajou a costa do sul da Flórida e, depois da passagem pelo Canal do Panamá, rumou para a Califórnia, com paradas no Caribe Mexicano, Aruba, Jamaica e outros portos. “Sou um privilegiado”, admite o brasileiro, que destaca como pontos turísticos de sua preferência a Golden Gate (San Francisco) e o Alaska (de natureza exuberante). Outros brasileiros também podem embarcar nesse sonho. Os contatos com Geraldinho podem ser feitos pelo telefone (786) 210-3389 ou pelo e-mail geraldosa@hotmail.com.