Casa de temporada: como evitar problemas de longa duração

0
682

O período de férias está chegando e muitos brasileiros vêm para a Flórida para curta temporada, por isso a corretora Tatiana Da Cunha dá as dicas para evitar prejuízos.

AcheiUSA: Quais os cuidados que uma pessoa deve ter na hora de alugar a própria  casa para outras pessoas por temporada?
Tati Cunha: O primeiro cuidado que um locador deve ter tanto nos aluguéis de curta temporada quanto nos aluguéis por longos períodos é verificar o que o condomínio estabelece no que diz respeito ao aluguel. A maioria dos condomínios no sul da Flórida não permite o aluguel por curta temporada e muitas vezes multas podem ser aplicadas, caso os proprietários não cumpram as regras determinadas. Portanto, verificar o que o condomínio estipula no que diz respeito a duração mínima de um aluguel é a regra número um já que isso muda de condomínio para condomínio, pois alguns permitem alugar por um mínimo de 3 meses, outros 6 meses e a maioria, por um ano no mínimo. São raros os condomínios que permitem alugar por curta temporada.

Além disso, recomendo que sejam revisadas todas as regras do condomínio no que diz respeito ao número de ocupantes, permissão para animais, uso das áreas comuns, etc para que não ocorram surpresas na hora da ocupação.

Falando sob ponto de vista do inquilino, o pretenso locatário deve procurar um corretor de uma imobiliária bem estabecida no mercado para não correr o risco de estar alugando um imóvel que não pode estar sendo alugado por curta temporada. Com isso, ele também encontrará o imóvel extamanete como foi prometido uma vez que um corretor de imóveis pode sofrer sanções caso cometa algum erro ou omissão. E o melhor: o inquilino não paga por este serviço.

AU: Você pode citar casos de problemas entre inquilino e proprietários? Isso ajuda bastante nossos leitores a entender o problema.
TC: Sim. Já teve caso de uma pessoa que alugou um apartamento por curta temporada e as fotos na internet mostravam uma propriedade completamente diferente do que ela encontrou. A pessoa perdeu o dinheiro pago e ainda teve que pagar um hotel.

Também teve um caso de um inquilino que chegou na portaria do edifício e informou ao segurança que havia alugado o apartamento tal. O segurança checou e viu que o apartamento não tinha nenhum inquilino registrado, pois como é de praxe aqui na Flórida, ao alugar um imóvel o pretenso inquilino previsa ser previamente aprovado junto ao condomínio. E neste caso, como não havia registro de inquilino o segurança concluiu que o imóvel foi alugado de forma irregular (curta temporada) e não permitiu a entrada. Portanto, a família citada acima também teve que procurar por um hotel.

Previous articleBoatos assassinos
Next articlePreso um dos sócios da TelexFree
Fundado em outubro de 2000, o AcheiUSA Newspaper é um jornal semanal em português distribuído gratuitamente por centenas de estabelecimentos comerciais brasileiros, americanos e hispânicos, espalhados pelo estado da Flórida. Com notícias locais, imigração, cultura, agenda de eventos, cobertura social, negócios e a maior seção de anúncios classificados grátis em português fora do Brasil, o AcheiUSA é o mais completo e popular portal para os brasileiros vivendo nos Estados Unidos.