Cidade nos EUA quer proibir calça que mostra cueca

0
808

Usar calças com cintura baixa, expondo a roupa de baixo ou partes íntimas do corpo, pode virar crime em uma pequena cidade americana se um projeto de lei for sancionado pelo prefeito, diz o jornal “The Daily Advertiser”, de Lafayette, na Louisiana.

O projeto de lei foi aprovado por vereadores da cidade de Delcambre na segunda-feira. Se a medida for aprovada pelo prefeito, qualquer pessoa pega vestida dessa forma está sujeita a uma multa de US$ 500 e pena de até seis meses de prisão por crime de indecência.

O prefeito de Delcambre, Carol Broussard, já avisou que pretende aprovar a lei, que entrará em vigor imediatamente.

Para ele, a medida é uma maneira de a cidade tomar uma atitude contra a indecência. Broussard explicou que, embora não tenha nada contra as calças de cintura baixa, acha que as pessoas que as usam deveriam ser discretas. “A coisa passou dos limites por aqui”, disse.

O vereador Albert Roy apresentou a lei antes da votação na câmara municipal. Ele disse que sentia que era “seu dever” falar pelos cidadãos de Delcambre.

Roy disse, no entanto, que não concorda com a multa de US$ 500. “Acho um abuso”, disse. “Deveria ser algo em torno de US$ 25”.

Críticas

Os críticos da medida acusam a lei de racista –já que usar calças nesse estilo é tradição no circuito de hip hop, associado a jovens negros.

Mas Broussard disse que a medida não tem motivação racial. “Eu não acho que esta seja uma questão negra”, argumentou. “Brancos também usam calças dessa forma.”

O prefeito deu um conselho aos que continuarem a usar calças de cintura baixa em Delcambre após a lei ser aprovada.

“Vista a calça direito. Cubra suas partes vitais. Se você expuser suas partes íntimas, vai levar uma multa. Se você andar e suas calças caírem, vai levar uma multa. É melhor tirar as calças e colocar um vestido”, concluiu.