Cinco brasileiros morrem em acidente de avião no Chile

0
866

Um avião com seis pessoas a bordo, sendo cinco turistas brasileiros, caiu na região chilena de Coyhaique, no sul do país, sem deixar sobreviventes, informou na sexta-feira o governo do Chile.

O avião da empresa de Transportes San Rafael havia desaparecido após o meio-dia e foi visto por um helicóptero civil na área de Lago Atravesado, às 19h10 (20h10 no horário de Brasília), aproximadamente 1.887 quilômetros ao sul de Santiago.

“Todos os ocupantes da aeronave foram encontrados sem vida. Espera-se no local a presença do fiscal aéreo para fazer o levantamento dos corpos”, informou o Ministério do Interior em comunicado.

As identidades dos passageiros que estavam no vôo foram divulgadas pela empresa de Transporte Aéreo. São elas: Claudio Magalea, Andy Romareiros, Mario José Movarios, César Oliveira e Claudio Poblete, além do piloto da aeronave, Willy Stone.

O bimotor decolou às 14h35 (horário de Brasília) do aeródromo Teniente Vidal para a região turística de Laguna de San Rafael.

Uma hora depois foi emitido um sinal de emergência para o Centro de Controle Aéreo da região de Puerto Montt, que deu o alerta sobre o desaparecimento da aeronave.

Este acidente se junta a outros que também aconteceram nessa região do Chile, caracterizada por uma complexa geografia, consequência de suas montanhas, lagos e áreas congeladas milenares.

A principal representante do governo chileno nessa região, Viviana Betancourt, lamentou o acidente “que põe a região em alerta”. Ela informou que “já entrou em contato com o embaixador do Brasil no Chile, Gélson Fonseca, para colocá-lo à par da situação”.