Clima tenso na Grécia

0
542

Neonazistas atacam imigrantes que participavam de manifestação em Atenas

Manifestantes de extrema direita jogaram pedras contra participantes de uma passeata pró-imigrantes em Atenas, na Grécia, no mais recente sinal de tensão sobre a crescente população indocumentada do país. Mais de mil membros de grupos anti-racismo, esquerdistas e imigrantes estavam realizando uma passeata no centro da capital para protestar contra o polêmico plano de construir uma cerca na fronteira com a Turquia, com o objetivo de impedir a entrada de estrangeiros em situação irregular na Comunidade Europeia.

“Mais de cem membros de grupos neonazistas e cerca de 200 residentes atacaram os manifestantes de esquerda com pedras”, confirmou um policial, ressaltando que a situação só foi controlada graças ao uso de gás lacrimogêneo e granadas de efeito moral. Estima-se que meio milhão de indocumentados e pessoas que pediram asilo moram no Estado do Mediterrâneo, que tem cerca de 11 milhões de habitantes. Uma parcela crescente dos imigrantes que tentam entrar na União Europeia o fazem pela Grécia.

Na Grécia, porém, 73% dos cidadãos apoiam o plano da construção da cerca de quase nove milhas na fronteira com a Turquia. No país, que tem uma comunidade muçulmana em crescimento, as tensões entre os gregos e os imigrantes se intensificaram em algumas áreas de Atenas.