Colombiana vence Miss Universo e dedica título a conterrâneos

0
749

Modelo Paulina Vega, de 22 anos, foi parabenizada pelo presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, via Twitter

Colombiana vence Miss Universo e dedica título a conterrâneos

DA REDAÇÃO (com AFP e UOL) – O concurso Miss Universe, realizado no último domingo (25) em Doral, cidade próxima a Miami, acabou não premiando a beleza da brasileira Melissa Gurgel. O evento, televisionado para todo os Estados Unidos pela rede de NBC, consagrou a Miss Colômbia 2014, Paulina Vega. A jovem de 22 anos superou outras 87 candidatas que disputavam a coroa deste ano.  

Em segundo lugar ficou a miss EUA, Nia Sanchez. A Miss Ucrânia, Diana Harkusha, ficou em terceiro, seguida pela Miss Holanda, Yasmin Verheijen, em quarto e a Miss Jamaica, Kaci Fennell, em quinto lugar.

A Miss Brasil, Melissa Gurgel, ficou entre as 15 semifinalistas escolhidas pelos pelos jurados, mas não chegou à etapa final do concurso.

Como sempre, as candidatas finalistas responderam a perguntas feitas pelos jurados e, como novidade neste ano, a uma questão enviada pelo espectadores pelo Facebook. 

Modelo desde os oito anos de idade, Paulina é também estudante de administração em Bogotá e vai suceder a venezuelana Gabriela Isler, vencedora de 2013. “Estou muito feliz”, disse a jovem logo após ser coroada. “Como sempre digo, é preciso ser autêntica e nunca perder a essência. Sou uma pessoa muito espontânea, muito alegre, como os colombianos são”, afirmou, dedicando a vitória a seus conterrâneos.

A Colômbia não vencia um concurso de Miss Universe desde 1958. Paulina foi parabenizada, inclusive, pelo presidente colombiano Juan Manuel Santos. Por meio de uma conta no Twitter, o mandatário a felicitou pela conquista. “Acabo de falar com Paulina e a agradeci por seu triunfo e palavras inspiradoras, que nos conclamam a trabalhar juntos e perseverar”, escreveu.

Já a brasileira Melissa Gurgel comentou ao portal Band sua derrota. “Não é que me senti injustiçada, mas acho que eu merecia ir muito mais além e eu vejo que os brasileiros também pensam dessa forma”, disse. “Tudo o que acontece na sua vida é com a permissão de Deus. Se ele não permitiu que eu prosseguisse é porque a vontade dele era para eu chegar até ali, então já sou muito grata por isso. De 88 meninas você ficar entre as 15 e ter a oportunidade de desfilar já é um privilégio. Se eu falhei em alguma coisa peço desculpas”, declarou.

Concurso
As misses chegaram à Flórida no começo do mês e, desde então, participaram de inúmeros eventos, como leilões beneficentes, jantares, desfiles e visitas, inclusive ao ateliê do brasileiro Romero Brito.

O concurso foi apresentado por Natalie Morales e Thomas Roberts, ambos apresentadores de TV nos EUA. Nick Jonas e Prince Royce foram as atrações musicais.