Comitê democrata de Palm Beach trabalha duro para reeleger Obama

0
317

Parceria entre comitês hispânico e brasileiro em Palm Beach visa fortalecer Partido Demcrata na região

O Restaurante Brazil, em Boca Raton, foi o local escolhido na quarta-feira à noite para reunir os brasileiros que apoiam os candidatos democratas e esforçam-se para reeleger o presidente Barack Obama nas eleições de novembro.

O convidado de honra do encontro foi Hugo Neil Mendez, vice-presidente do Comitê Federal dos Hispânicos Democratas e membro do Comitê Executivo Democrata no condado de Palm Beach. Ele foi ao evento para avalizar a criação do Brazilian Democratic Club, entidade presidida por Isabel Santos e que tem Robin Blanchard como vice-presidente. Mandez destacou a importância de todos estarem unidos em torno do mesmo objetivo: reeleger Barack Obama e votar nos candidatos democratas para todos os cargos públicos, sobretudo em Ted Deutsch, o deputado federal que representa a região de maior concentração de brasileiros no condado. Kristen Pesicek, assessora de Dave Aronberg, que concorre ao cargo de Advogado Geral do Estado, também prestigiou o encontro.

Mendez enfatizou que já está sendo feito um trabalho de proteção aos imigrantes e quer que os parlamentares estaduais democratas coloquem em pauta de votação o Dream Act estadual, a fim de garantir estudo superior a todos aqueles que desejam cursar uma universidade e se formar em uma profissão de nível superior, embora estejam em situação irregular nos EUA. Além disto, continua a luta em favor da aprovação de alguma reforma
imigratória que beneficie os indocumentados.

Ele garantiu ainda que quem tiver algum tipo de problema relacionado com deportações, que procure por ele através do Brazilian American Democratic Club, porque é possível ajudar. “Em nosso diretório, contamos com três advogados de imigração, que podem esclarecer dúvidas dos indocumentados, basta marcar uma consulta” – disse o democrata.

Robin Blanchard, americana que viveu durante sete anos no Brasil e adora o país, destacou que eleger democratas significa melhorias para várias áreas como saúde pública, igualdade econômica e social, imigração. Ela insistiu que vale a pena os brasileiros entrarem no website www.badclub.org para conferir tudo que o clube vem fazendo, bem como as realizações do governo Obama.

Finalmente, Isabel Santos dirigiu-se aos convidados para falar, em português, sobre os objetivos do clube e do website, que recebeu o sugestivo nome de www.badclub.org. Segundo ela, a comunidade brasileira deve prestigiar o Brazilian Democratic Club, como um embrião da entrada dos brasileiros no processo político americano.

“Mesmo para os que não podem votar, é importante participar, porque podem influenciar aqueles que votam, lembrando que Obama e os democratas visam o bem-estar das classes menos favorecidas, observou Isabel”, ela própria cidadã americana e eleitora.

Durante a reunião, foram distribuídos alguns formulários a serem preenchidos pelos presentes com o objetivo de aumentar o número de membros do Brazilian Democratic Club.

A taxa de inscrição anual é de $25 por membro e de $35 por casal. E a organização tem sua própria conta bancária, a fim de recolher doações de membros e simpatizantes. Quem quiser filiar-se ao Brazilian Democratic Club deve acessar o www.badclub.org ou então entrar em contato com Isabel Santos (561) 305-9850 ou com Robin Blanchard (561) 479-7557.

Para encerrar, Isabel falou que já está programado um Carnaval
para o dia 20 de maio, com a presença do deputado Ted Deutsch.

O local onde vai ser realizado o carnaval democrata ainda não foi definido, mas será divulgado no AcheiUSA assim que for confirmado.