Histórico

Companhias aéreas concorrentes endossam passagens da Varig até hoje

A empresa áerea deve ir novamente a leilão no dia 18 de julho

Segundo o jornaa Folha de S.Paulo, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) decidiu ampliar por mais um dia o plano de emergência implantado em 29 de junho e que terminaria ontem (10).

O endosso garante o embarque em outras empresas de passageiros dos vôos cancelados diariamente pela Varig. Nesta segunda-feira, a Justiça convocou para o dia 17 uma assembléia de credores da Varig, que avaliará proposta de compra da empresa apresentada pela Varig Log e decidirá sobre a realização de um novo leilão da empresa.

A convocação ocorreu após uima reunião que durou quase sete horas, e discutiu ajustes na oferta inicial da Varig Log. Na reunião, ficou acordado que o possível novo leilão da Varig terá lance mínimo de US$ 24 milhões, e o arrematante terá que efetuar o pagamento de US$ 75 milhões até 48 horas após o término da operação.

Também foi aprovada a extensão, até o dia 17 deste mês, do prazo para utilização dos US$ 20 milhões oferecidos pela Varig Log para manter as operações da aérea. O prazo terminaria nesta segunda-feira.

Com relação às dívidas dos trabalhadores e do fundo Aerus, um dos pontos mais sensíveis da proposta, estabeleceu-se que poderão ser pagas de duas formas: R$ 100 milhões em forma de debêntures (títulos da dívida da empresa que podem ser trocados por dinheiro ou ações) durante dez anos, ou R$ 82 milhões em debêntures à vista.

Ficou acordado também que a Varig Log terá que cumprir os contratos da Varig, entre eles o de treinamento de profissionais e de leasing de aeronaves.

Baixe nosso aplicativo