Contagem regressiva para o Brazilian Film Festival

0
646

Mostra acontece entre 30 de maio e 6 de abril, em Miami

Miami está a menos de uma semana do início da 12ª edição do Brazilian Film Festival, em Miami. A festa do cinema brasileiro na Flórida começa no dia 30 de maio, com a abertura oficial ao ar livre no North Beach Bandshell, com os filmes vencedores do prêmio de melhor filme eleito pelo público (Júri Popular) em 2007 – Polaróides Urbanas (longa-metragem) e Galinha ao Molho Pardo (curta-metragem). A entrada é gratuita.

O festival de Miami é a maior mostra competitiva de filmes brasileiros realizada fora do país. O Braff é realizado pelo grupo Inffinito, fundado por Adriana Dutra, Claudia Dutra e Viviane Spinelli, e o sucesso no sul da Flórida foi tamanho que a iniciativa foi levada a outros centros, com a criação do Circuito Inffinito de Festivais.

Hoje há eventos em Buenos Aires, Madri, Milão, Roma, Nova York, Vancouver e Barcelona, além do Cine Fest Brasil-Canudos,
na Bahia.

Este ano o festival vai exibir mais de 40 filmes entre curtas, longas e documentários em três locais diferentes: Colony Theatre, com a
Mostra Competitiva, Cinematheque com a Mostra Digital e Wolfsonian Museum com a Mostra Homenagem. Estão na disputa ao
prêmio principal (Lente de Cristal de Melhor Filme) 10 produções nacionais e o AcheiUSA publica o resumo de mais quatro filmes desta
categoria:

O Grão (Sessão AcheiUSA)
Filme sensível sobre a história de Perpétua, uma idosa que sente a proximidade da morte e resolve preparar o neto para a separação.
Enquanto isso, os outros integrantes da família estão mais preocupados com o casamento de Fátima, a outra neta. A direção é de Petrus Cariry.

Sem Controle
Eduardo Moscovis, Milena Toscano, Vanessa Gerbelli e Dirce Migliaccio estrelam o longa dirigido por Cris D’Amato. No filme, um diretor
de teatro fica obcecado com o caso que iniciou a extinção da pena de morte no Brasil, passando a ensaiar uma peça sobre o assunto.

Vidas – Artesanato Brasil
O filme com direção de Pedro Flores traz Guilherme Weber e Juliana Martins no elenco e conta a história de Mestres-Artesãos das cinco regiões brasileiras.

Ainda Orongotangos
Retrato de um dia comum na cidade de Porto Alegre, visto pela ótica de 15 personagens. A direção é de Gustavo Spolidoro.