Coral Springs é a cidade mais segura para se viver na Flórida

0
7533

Brasileiros que moram na região elogiam também a qualidade de vida da vizinhança

Uma pesquisa nacional mostrou que Coral Springs é a cidade mais segura na Flórida, com base em estatísiticas de seis tipos de crimes – assassinatos, estupros, roubos de veículos, assaltos, agressões e arrombamentos de propriedades. O resultado animou o prefeito local. “Espero que isso dê um pouco de tranquilidade à nossa população”, disse Scott Brook.

De acordo com o estudo – intitulado ‘Crime in Metropolitan America’ e que levou em consideração os 393 municípios com mais de 75 mil habitantes no país – Coral Springs obteve somente a 48ª posição no ranking dos Estados Unidos: a cidade americana mais segura para se viver é Colonie (New York) e a mais perigosa, Camden (New Jersey).

Os brasileiros que moram em Coral Springs não têm do que reclamar da vizinhança e ainda apontam outros pontos positivos da região. “Me mudei para cá em 1998, vindo do Norte dos EUA, por causa das boas referências em termos de escolas para meus netos. Não me arrependo da opção”, conta o aposentado Brasil Patinho, que também elogia a limpeza das ruas em Coral Springs. Outra moradora da área é Marize Casais, uma das diretoras do Brazilian Voices. Ela também só tem elogios para a cidade e sua qualidade de vida: “Foi o primeiro lugar que escolhi para morar ao chegar do Brasil, em 2000. Além da beleza das ruas e da segurança, destaco também que Coral Springs é um lugar central, perto das rodovias que interligam o sul da Flórida, como a I-95, a I-75, a Sawgrass Expressway e a Turnpikee”, conta.

Para o contador Davilson Rodrigues, que está a menos de dois anos na região, Coral Springs é melhor do que as outras cidades que ele morou aqui no estado, Davie e North Lauderdale. “O melhor é caminhar pelas ruas arborizadas e perceber que os moradores têm uma preocupação em manter suas casas bem pintadas e seus jardins bem cuidados”, disse. Davilson sabe que há muitos brasileiros na vizinhança, mas nossa comunidade está espalhada. E, segundo o comerciante José Moura, que acaba de se mudar para lá, é um tipo diferente de brasileiro que escolhe Coral Spring. “Normalmente são famílias, com filhos e animais de estimação, bem no estilo americano”, acredita.