Corpo de brasileira morta em Madri será trasladado para a Bahia

0
619

Franciele da Silva Meireles, morta com dez facadas no apartamento que dividia com o namorado, Érica de Alcântara Roelands, terá seu corpo trasladado para Porto Seguro, sul da Bahia, após um grupo de amigas ter concordado em pagar os 13 mil dólares referentes ao traslado. O corpo deve chegar ao Brasil neste final de semana e deve ser sepultado em Porto Seguro.
De acordo com informações do consulado brasileiro em Madri, o agressor, Érico de Alcântara Roelands, está consciente e sofreu lesões que o deixaram paralítico. O consulado não informou se o agressor continua no hospital ou se já teve alta.
De acordo com informações do jornal “El País”, na noite de domingo (11), depois de matar Franciele com dez facadas e vários golpes, o brasileiro atirou-se do segundo andar do edifício em que moravam.
Ainda segundo a reportagem, a polícia informou que o agressor confessou aos agentes que tinha matado sua mulher.
A jovem brasileira, que apresentava ainda vários ferimentos no antebraço direito e sinais de diversos golpes na cabeça, foi encontrada ensangüentada no chão da sala do apartamento onde o casal estava.
Serviços médicos ainda conseguiram socorrer Franciele com vida e tentaram atendê-la no corredor do edifício, mas após meia hora de manobras de reanimação os responsáveis pelo resgate confirmaram sua morte.
Segundo um porta-voz policial, o vigia do prédio avisou sobre o incidente à polícia, que assumiu a investigação do caso.