Crise imobiliária nos EUA afeta principalmente as minorias

0
742

Secretário americano calcula que desaquecimento provocou perda de 350 bilhões de dólares

A crise imobiliária nos Estados Unidos afetou principalmente a comunidade latina, admitiu o secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Shaun Donovan. Segundo ele, esse setor pode ser alvo de fraudes que se aproveitariam dos planos implementados pelo governo para combater a crise. “Calcula-se que a crise tenha causado a perda de 350 bilhões de dólares em acervo familiar, e afetou desproporcionalmente os hispânicos e os negros”, afirmou Donovan.
Ele afirmou também que, por exemplo, 40% dos hispânicos que obtiveram empréstimos hipotecários em 2006, o ano de maior força na especulação imobiliária, contraiu dívidas lastreadas em créditos de alto risco, que compreendem taxas de juros variáveis. “Esses tipos de hipotecas foram promovidas focando especialmente os latinos e os negros”, acrescentou. O secretário afirmou que ainda não há dados específicos sobre o ritmo de execuções hipotecárias entre os hispânicos, mas que há indícios de que a taxa geral de execuções hipotecárias e desalojamentos começou a cair.