Cubanos já podem assistir ao conteúdo de TV via Netflix

0
613

Empresa lançou seu serviço de streaming de filmes e programas de televisão na ilha na segunda-feira (9)

DA REDAÇÃO

Parece que os dias de Cuba com pouca influência da cultura americana e do regime econômico capitalista estão com seus dias contados. Após o país botar fim a um afastamento de décadas dos Estados Unidos, empresas yankee já começam a atuar na ilha. Uma bom exemplo disso é a Netflix. Agora falta pouco para que os cubanos possam assistir aos episódios de séries como “House of Cards” e “Orange is the New Black”, bem como os das outras séries do Nextflix.

A empresa lançou seu serviço de streaming de filmes e programas de televisão em Cuba na segunda-feira (9). Os cubanos terão acesso a séries originais, filmes, documentários, especiais, seriados e programas de TV a um preço inicial de $7.99 por mês. A oferta será feita a partir das melhorias no acesso à Internet e maior disponibilidade de cartões de crédito e débito no país.

“Cuba tem grandes cineastas e uma cultura e arte robustas, e um dia esperamos poder trazer seus trabalhos para a nossa audiência global”, disse o cofundador e CEO da Netflix, Reed Hasting, em comunicado à imprensa.

Desde o seu lançamento, em 2007, a Netflix já reúne mais de 57 milhões de membros em 50 países – 5 milhões deles apenas na América Latina. Seu catálogo conta hoje com dois bilhões de horas de filmes e séries de TV por mês, incluindo séries originais.