Histórico

Da Matta fica pelo menos mais duas semanas na UTI

Médico ainda não sabe a extensão da gravidade dos ferimentos do piloto brasileiro

Em entrevista concedida nesta sexta-feira (11), Chris Pinderski, diretor-médico do Theda Clark Medical Center, onde o brasileiro Cristiano da Matta está internado, afirmou que o mineiro deve permanecer no mínimo mais duas semanas na UTI. “Quando alguém fala para Cristiano abrir os olhos, ele não faz nada”, comentou Pinderski, que não soube dizer se o piloto terá alguma consequência para o restante da vida. “Neste sentido, o futuro dele ainda é desconhecido”, emendou.

Segundo o profissional, a única certeza no momento é que a recuperação será lenta. “Da Matta vai ficar ao menos mais duas semanas na UTI. O ferimento que ele teve na cabeça parecia ser normal por fora, mas por dentro era muito grave. Nas últimas 24 horas, ele se manteve estável, sem evoluções”, continuou.

O médico, porém, destacou a melhora geral do paciente. “Cristiano já não estava sob efeito de sedativos esta manhã e faz alguns movimentos, como comprimir o braço quando este é apertado”, afirmou.

Na noite do dia 03 de agosto, o piloto da RuSport bateu em um cervo que invadiu a pista de Elkhart Lake em um teste da Fórmula Indy. Imediatamente levado para a UTI, o mineiro passou por uma cirurgia de retirada de um coágulo sangüíneo no cérebro e desde então segue em recuperação.