Dallas Mavericks abre 2 a 0 na final contra o Heat

0
792

Má atuação de Shaquille O’Neal complicou a situação da equipe de Miami.

O Dallas Mavericks deu um passo importante rumo ao título da temporada 2005/06 da NBA. Neste domingo(11), a equipe do Texas aproveitou novamente o mando de quadra e abriu 2 a 0 na série final contra o Miami Heat com uma vitória confortável por 99 a 85.
Agora, os Mavericks se agarram numa estatística importante histórica. Na decisão da NBA, apenas duas equipes – o Boston Celtics de 1969 e o Portland Trail Blazers em 1977 – conseguiram ganhar o título após sofrerem derrotas nas duas partidas iniciais dos playoffs.

O encontro deste domingo teve seu momento decisivo no final do segundo período, quando os Mavs deixaram uma desvantagem de cinco pontos para abrir um placar de 50 a 34. Sem poder de reação, o máximo que o Miami conseguiu foi diminuir a diferença do adversário para 12 pontos no segundo tempo.

O principal destaque do jogo foi o alemão Dirk Nowitzki, com 26 pontos e 16 rebotes. Ele recebeu importante contribuição de Jerry Stackhouse, autor de 19 pontos. Do lado do Heat, o cestinha foi, novamente, Dwyane Wade, com 23 pontos. Porém, o armador só acertou seis de seus 19 arremessos de quadra.

A grande decepção ficou por conta do pivô Shaquille O’Neal, uma das grandes estrelas dos últimos anos da NBA. Bem marcado, o jogador do Miami Heat terminou o encontro com somente cinco pontos, acertando dois arremessos de quadra e um dos seus sete lances livres tentados.

Agora, o playoff final da NBA terá, caso necessário, três jogos consecutivos na casa do Miami. O primeiro deles está marcado para amanhã, a partir das 9 horas da noite.