De novo, Felipe Melo?

0
619

Jogador é expulso aos 17 minutos de jogo e prejudica o time na Itália

Felipe Melo, o cabeça de área da Seleção Brasileira na Copa de 2010, voltou a viver seu calvário: num jogo do campeonato italiano, o jogador da Juventus foi expulso aos 17 minutos do primeiro tempo, depois de acertar, com a sola da chuteira, o rosto de um adversário. O jogo ainda estava 0 a 0, mas depois do cartão vermelho ao brasileiro, o Parma aplicou uma goleada ao time de Turim.

A expulsão de Felipe Melo afetou nosso modo de atuar em campo. Ele deve ter mais calma, porque este resultado não muda tudo o que foi feito de bom até agora. Agora temos que nos recuperar na próxima rodada, for a de casa, disse o treinador da Juve, Luigi Del Neri, visivelmente contrariado. A partida foi realizada no Estádio Olímpico de Turim. A atitude dele não é desculpável. Essas são reações instintivas e infelizes, acrescentou o treinador.

A situação de constrangimento não é nova na carreira de Felipe Melo. Após a eliminação do time de Dunga contra a Holanda, o volante foi considerado um dos culpados pela derrota: além de ter marcado um gol contra nas quartas de final, ele foi expulso após agredir Robben, o que prejudicou a equipe e acabou com todas as chances de reação nos últimos 20 minutos de jogo. Ele, porém, sempre refutou o rótulo de vilão que lhe foi aplicado por causa de seu estilo truculento em campo e pelo temperamento explosivo. O que ele vai dizer agora?