Declarações de ex-presidente acirram ânimos no Congresso

0
639

Fernando Henrique disse que país está sem representação política

Se não bastassem as reiteradas denúncias envolvendo deputados e senadores, o Congresso teve que conviver esta semana com uma contundente crítica feita por um ex-presidente da República. Fernando Henrique Cardoso disse que o atual sistema de representação política do país está “bambo” e, por consequência, “não representa mais nada”, pois está desmoralizado. “Como ter democracia se não há respeito pelo Congresso?”, indagou FHC.

“Fala destemperada”

As afirmações não ficaram sem resposta. O líder do PT na Câmara, Cândido Vacarezza, por exemplo, rebateu a opinião do ex-presidente. “Foi uma fala inadequada e destemperada. O fato de ter um ou um grupo de parlamentares com conduta anti-ética não é motivo para condenar todos os demais e, principalmente, a instituição. O parlamento é fundamental para a democracia brasileira”, afirmou o deputado paulista. Esta não é a opinião dos leitores de um grande jornal brasileiro: numa enquete realizada via Internet, mais de 80% dos participantes concordam com o ex-presidente e ainda afirmaram que os membros do Congresso, com raras exceções, não são confiáveis.