Departamento de Segurança dos EUA anuncia novos procedimentos

0
645

Medidas certamente vão gerar ainda mais filas para entrar no país

De nada adiantou a divulgação, por parte da Discover America Partnership, de uma pesquisa sobre a queda no turismo nos Estados Unidos: os números mostram que, desde 2001 – ano dos ataques terroristas e da conseqüente adoção de medidas rígidas nos pontos de entrada no país, o número de visitantes caiu em mais de 17%, o que representa a perda de 94 bilhões de dólares para a economia americana. Mesmo assim, o Departamento de Segurança anunciou novas exigências. A mais importante delas é que os turistas deverão tirar as impressões digitais de todos os dedos das mãos, em vez de apenas dos dois indicadores. Isso certamente vai gerar ainda mais filas e demora nos postos de vistoria da imigração.
A medida entra em vigor no dia 29 de novembro, a princípio no Aeroporto Internacional Dulles (na capital Washington DC), mas já a partir do ano que vem os novos scanners de dez dedos também passarão a ser operados em outras cidades, como Boston, Chicago, Detroit, Atlanta, Houston, New York, Orlando e São Francisco. O novo controle, porém, já está sendo colocado em prática nos consulados dos EUA pelo mundo, que vêm coletando as impressões digitais de dez dedos para emissão de vistos. “A medida é fundamental para manter distante de nosso território pessoas consideradas perigosas “, afirmou um representante do Departamento de Segurança. Outras medidas incluem o treinamento de funcionários que trabalham em portos e aeroportos e aquisição de equipamentos de última geração para auxiliar na identificação dos passageiros.