Depois de um mês de investigações, polícia prende suspeito de crime bárbaro

0
480

Homem foi morto e esquartejado e partes do corpo foram jogadas em três locais diferentes de Broward

Jamie Marlon Saffran está preso em Fort Lauderdale, sem direito à fiança. Ele é acusado de um crime bárbaro cometido no início de novembro, em que a vítima foi esquartejada e partes de seu corpo jogadas em três diferentes pontos num canal de Broward. A vítima já está identificada – Warren R. Danzig, de 65 anos.

A conexão entre vítima e algoz data de 2005, quando os dois eram vizinhos num condomínio em Hollywood. Na verdade, os investigadores disseram que eles mantinham uma amizade e frequentavam a casa um do outro. Os policiais afirmam que Danzig foi morto com uma forte pancada na cabeça e, depois de uma busca na residência de Safran, encontraram um martelo de forja com manchas de sangue humano. O motivo do crime ainda não foi esclarecido, mas há evidências de que o cartão de crédito da vítima foi usado após sua morte, justamente para efetuar um pagamento em nome da filha de Safran.