Depressão tropical Isaac se transforma em tempestade no Atlântico

0
894

A nona depressão tropical da temporada de furacões no Atlântico se transformou nesta quinta-feira na tempestade Isaac

A nona depressão tropical da temporada de furacões no Atlântico se transformou nesta quinta-feira na tempestade Isaac, mas não representa uma ameaça imediata para o continente, indicou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Os ventos da tempestade tropical estão perto dos 65 km/h, com rajadas mais fortes, e se prevê que a intensidade destes se aumente nas próximas 24 horas, informou o NHC em seu boletim das 12h (em Brasília).

O centro do sistema estava localizado a esta hora na latitude 28,2 graus norte e na longitude 54,7 graus oeste, cerca de 1.070 quilômetros a leste-sudeste das Bermudas.
Isaac se desloca em direção noroeste a cerca de 13 km/h e se prevê que o fenômeno continue nesta trajetória nas próximas 24 horas.

Durante a temporada, que começou em 1º de junho e terminará em 30 de novembro, houve a formação de quatro furacões –Ernesto, Florence, Gordon e Helene–, seis a menos que no mesmo período da temporada passada, que ficou na história da meteorologia como a mais intensa e destrutiva já registrada.

Além disso, houve a formação de oito tempestades tropicais, nove a menos que no mesmo período da temporada passada.

O meteorologista americano William Gray, conhecido como o “guru” dos furacões, estimou em sua nova previsão de setembro que a atual temporada de furacões será menos intensa que o previsto em maio passado.

Gray prevê que este ano haverá a formação de 13 tempestades tropicais e cinco furacões, dois deles com ventos que superarão os 178 km/h.