DHS solta milhares de imigrantes detidos nas prisões federais

0
652

Obrigado a cortar custos, ICE libera imigrantes ilegais de baixa periculosidade e os mantém sob supervisão eletrônica

DA REDAÇÃO, COM AP — A uma semana do corte obrigatório no orçamento entrar em vigor nos órgãos do governo, o Departamento de Homeland Security (DHS) começou a liberar imigrantes ilegais detidos nas prisões para imigrantes em todo país, informou um porta-voz do Immigration and Customs Enforcement (ICE) nesta terça-feira.

Gillian Christensen, porta-voz do ICE, disse que a agência revisou “milhares de casos” de imigrantes detidos em todo país, e que eles foram soltos na semana pessada. Eles ficaram sob uma forma “mais apropriada e econômica de supervisão”, disse a porta-voz.

Christensen disse ainda que a “prioridade da agência é deter os criminosos mais perigosos e outros indivíduos que representem uma ameação à segurança pública.” Ela não informou qual o critério de seleção pelo qual os imigrantes liberados passaram, ou de quais prisões eles foram liberados.

O anúncio de terça foi o primeiro sinal do efeito que os cortes no orçamento está causando no DHS.

O governo Obama tem avisado com frequência sobre o problema dos cortes e a Secretária do DHS, Janet Napolitano, disse à imprensa na segunda-feira na Casa Branca que os cortes vão afetar o funcionamento interno do seu departamento, incluindo a segurança nas fronteiras e as operações de fiscalização nos aeroportos.

Napolitano também alertou que o DHS poderá não mais arcar com o custo de manter 34 mil vagas nas prisões para imigrantes determinadas pelo Congresso. Na semana passada, havia em média 30.773 pessoas em custódia do ICE.

“Eu não acho que vamos conseguir manter o mesmo nível de segurança em toda parte, com esses cortes”, disse a Secretária. “O impacto vai ser como uma bola de neve, crescendo cada vez mais”, completou.

Segundo o National Immigration Forum, o governo gasta cerca de $164 por dia para manter na cadeia um imigrante ilegal sujeito a deportação. Um relatório sobre o assunto, divulgado no ano passado, o grupo disse que os custos da supervisão em liberdade ficam de 30 centavos a $14 por dia.

Parlamentares republicanos criticam a medida.

“É um absurdo que o presidente (Barack) Obama esteja liberando criminosos para conviver em nossas comunidades a fim de promover a sua agenda política com relação ao orçamento”, disse o Diretor para o Comitê de Justiça da Câmara, Bob Goodlatte. Ao colocar na rua esses imigrantes criminosos, o governo está pondo em risco vidas americanas inutilmente. E também compromete nossos esforços para trabalhar em conjunto com o governo numa reforma das nossas leis de imigração.”

O governo pediu cerca de $1.96 bilhões para a operação das cadeias imigratórias no último orçamento. O valor corresponde a cerca de $5.4 milhões por dia, segundo o relatório do National Immigration Forum.

Christensen disse que os imigrantes liberados continuarão sob processo de deportação.