Dólar fecha o dia com menor cotação desde junho

0
559

Moeda americana está R$ 2,17

DA REDACAO, COM UOL – O dólar comercial fechou o dia a R$ 2,1746 menor cotação desde o dia 17 de junho quando começou a subir vertiginosamente chegando a quase R$ 2,50 no mês de agosto. Na semana, o dólar tem queda de 0,15% e no mês, de 1,88%. No ano, há valorização de 6,35%.

Segundo economistas, os investidores estavam à espera de um acordo que evitasse um calote por parte dos Estados Unidos. Na tarde desta quarta-feira, líderes republicanos e democratas do Senado norte-americano alcançaram um acordo para elevar o limite da dívida e colocar fim ao fechamento parcial do governo federal a menos de 24 horas do fim do prazo estipulado.

Se o acordo não saísse até esta quinta-feira (17), o governo norte-americano não seria capaz de honrar todos os seus compromissos.

A moeda norte-americana, que chegou a cair mais de 1%, no entanto, teve a baixa amenizada no fim da tarde pelo fato de o Banco Central não ter anunciado o leilão diário de swap cambial tradicional para esta quinta-feira (17).

O anúncio do leilão é feito normalmente pelo Banco Central às 14h30. Os investidores estavam cautelosos com o atraso, avaliando que o BC poderia reduzir o passo no seu programa de intervenção, após a moeda norte-americana ter chegado ao patamar de R$ 2,15.

Mesmo com a queda do dólar, o Banco Central manteve seu programa de intervenções diárias no mercado de câmbio nesta quarta-feira (16). Foram vendidos todos os 10 mil contratos ofertados em um leilão de swap cambial tradicional — equivalente à venda de dólares no mercado futuro.