Eliminação de vistos para entrar nos EUA é adiada

0
1006

Ministro das Relações Exteriores do Brasil tem reuniões com Hillary Clinton e os secretários de Segurança Interna e Nacional dos Estados Unidos

DA REDAÇÃO COM AGÊNCIA BRASIL — Nesta segunda-feira (22), técnicos e especialistas dos dois países se reuniram para examinar a proposta de acabar com a obrigatoriedade do visto de entrada. Porém, outras reuniões serão necessárias, segundo integrantes do grupo de trabalho antes de formalizar o acordo.

Mas as relações entre as duas nações estão indo muito bem. A duas semanas das eleições presidenciais nos Estados Unidos, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, está hoje (23) e amanhã em Washington, capital dos EUA, para a quarta edição do Diálogo de Parceria Global Brasil-Estados Unidos. Amanhã (24) Patriota se reúne com a secretária de Estado, Hillary Clinton, com a secretária do Departamento de Segurança Interna, Janet Napolitano, e com o conselheiro de Segurança Nacional, Thomas Donilon.

O objetivo das conversas é incentivar parcerias nas áreas de educação, ciência, tecnologia e inovação, inclusão social e combate à discriminação. O Diálogo de Parceria Global (DPG) foi criado em 2010 para estimular o impulso político às parcerias.

Ainda nesta terça-feira os subsecretários políticos do Ministério das Relações Exteriores, embaixadora Edileuza Reis e embaixador Paulo Cordeiro, têm reuniões com representantes do governo norte-americano para tratar de temas como a África, Ásia e o Oriente Médio.

Em 2011, as exportações brasileiras para os Estados Unidos somaram US$ 25,8 bilhões, registrando aumento de 33,7% em relação a 2010. Os Estados Unidos são o segundo destino das exportações brasileiras, com participação de 10,1%.

Os Estados Unidos também são o segundo mercado para as manufaturas brasileiras, somando US$ 11,7 bilhões em 2011, o equivalente a 45,3% da pauta. Os Estados Unidos têm o maior estoque de Investimentos Estrangeiros Diretos (IEDs) no Brasil, totalizando US$ 104 bilhões em 2010, dos quais cerca de metade (US$ 55,4 bilhões) ingressaram no Brasil entre 2001 e 2011, segundo o Banco Central.

Em pesquisa realizada entre os brasileiros, a maioria da população deseja a reeleição do presidente Barack Obama. Esta opinião é compartilhada por outros 19 países pesquisados. Apenas os cidadãos do Paquistão demonstraram preferência por Mitt Romney.