Em ato polêmico, CBF unifica conquistas nacionais

0
597

Com incorporação, Santos e Palmeiras passam a ter oito títulos e Pelé é o jogador com maior número de troféus

O Fluminense precisou de oito meses e 38 jogos para sagrar-se campeão brasileiro de 2010, mas bastou uma ‘canetada’ para o time das Laranjeiras incorporar o título de 1970. Isso porque a CBF decidiu que a Taça Brasil e o Torneio Roberto Gomes Pedrosa servem como conquistas nacionais. Santos e Palmeiras, portanto, passam a ser os maiores vencedores de Brasileiros, com oito troféus cada. Mas estas equipes não foram as únicas beneficiadas: Cruzeiro, Bahia e Botafogo também herdaram títulos.

Os seis times em questão apresentaram um dossiê à CBF com as informações sobre os campeonatos disputados de 1959 a 1970, que envolviam clubes de todo o país, pedindo o reconhecimento dos títulos. O presidente da Confederação, Ricardo Teixeira, depois de quase dois meses e de análises minuciosas acerca da legalidade da iniciativa, admitiu que o pedido faz sentido: em uma festa marcada para semana que vem, os times serão agraciados em uma grande festa.

Um dos presentes ao evento será o Rei do Futebol, Pelé, que agora é também o ‘Rei do Brasileirão’, título que ele não tinha em seu currículo. O jogador faturou seis títulos nacionais na década de 1960 e agora pode comemorar mais este feito na carreira, mesmo quase quatro décadas depois de ter abandonado o futebol.

Títulos incorporados

Veja a seguir a relação dos títulos incorporados pelas seis equipes, que são as conquistas da Taça Brasil e Torneio Roberto Gomes Pedrosa:
Taça Brasil
1959 – Bahia
1960 – Palmeiras
1961 – Santos
1962 – Santos
1963 – Santos
1964 – Santos
1965 – Santos
1966 – Cruzeiro
1967 – Palmeiras
1968 – Botafogo
Torneio Roberto Gomes Pedrosa / Taça de Prata
1967 – Palmeiras
1968 – Santos
1969 – Palmeiras
1970 – Fluminense