Empresa holandesa quer dar nome ao Palestra Itália

0
450

A Aegon, empresa holandesa de seguros que patrocina o Ajax, está interessada em adquirir os naming rights do novo estádio do Palmeiras. A companhia, que trouxe o clube holandês para um amistoso, está disposta a pagar R$ 380 milhões por um contrato de 20 anos.

Os diretores da Aegon tiveram uma reunião no último sábado com a WTorre, construtora que toca as obras da nova arena do Palmeiras. A conversa aconteceu em um dos camarotes do Pacaembu, onde aconteceu o amistoso em que o clube alviverde venceu o Ajax por 1 a 0.

A ideia da WTorre é receber R$ 380 milhões por uma parceria de 15 anos. A Aegon aceita pagar o valor, mas quer um contrato cinco anos mais longo, e aguarda o posicionamento da construtora.

A empresa ainda demonstrou interesse em patrocinar o Palmeiras, que atualmente não tem nenhum acordo fechado para peito de sua camisa. A Aegon quer aumentar sua operação no Brasil e crê que o futebol, em especial o Palmeiras, pode servir como porta de entrada.

Com os principais mercados da Europa abalados pela instabilidade econômica, o Brasil, em ascensão, pode ser uma alternativa rentável nas próximas décadas.