Empresas americanas de Miami, com sócios brasileiros, são investigadas pela PF

0
1052

A Polícia Federal apresentou empresas americanas como parte do esquema pelo qual a Cisco do Brasil importava equipamentos sonegando impostos e taxas. Segundo o órgão federal, as empresas, que ficam na 5201 da Blue Lagoon Drive, Mude USA, de Moacyr Sampaio e José Parnomian, e LogiCis Export, de Luiz Scarpelli Filho, seriam beneficiárias do esquema. Além de Scarpelli Filho, Paulo Blanco (dono da S-Tech) e Valdir Esteves (da Superkit International) tiveram a prisão pedida pela Justiça brasileira. Outros investigados são José Ricardo Gantus, da South América Overseas, e Gabriel Godoy, da Freigh Logistics. Nenhum deles quis dar declarações à imprensa.