Enfermeira na Flórida é acusada de dar pimenta a idosos com demência

0
712

Mulher renunciou à licença profissional para evitar mais complicações junto à Justiça; ela se diz inocente

B

DA REDAÇÃO (com Sun Sentinel) – Uma mulher que atuava como enfermeira em Ocala, na Flórida Central, renunciou à sua licença de trabalho após ser acusada de ter posto pimenta na boca de dois pacientes idosos e com demência enquanto eles dormiam.

Tracie Nellis foi acusada de agressão a indíviduos mais velhos de 65 anos e se disse inocente. O fato aconteceu no verão do ano passado. Porém, agora, o Board of Nursing acabara de anunciar que Tracie poderia, ao renunciar à licença profissional, se livrar de mais procedimentos judiciais a que seria submetida.

Dados do estado mostram que ela trabalhava no Williston Rehabilitation and Nursing Center quando o incidente aconteceu.

A unidade de Medicaid Fraud Control investigou o caso à época e acusou Tracie e mais um funcionário, que acabou sendo inocentado das acusações mais à frente.