Erro da imigração americana deixa homem sem nacionalidade

0
864

Iemenita abdicou de sua cidadania e agora está no limbo

DA REDAÇÃO – Um homem que mora em New York e veio do Iêmen quando criança perdeu sua cidadania americana porque o Departamento de Estado disse que ele a recebeu por causa de um erro burocrático.

O jornal The New York Times divulgou que o recém-descoberto erro deixou Abdo Hizam sem pátria. Hizam se mudou para Dearborn, Michigan, em 1990, quando tinha nove anos de idade. Renunciou à sua cidadania iemenita, formou-se na escola secundária e depois numa escola de administração de empresas e negócios. Atualmente vive no Bronx, bairro de New York, e trabalha em uma loja.

Mas, no ano passado, o Departamento de Estado disse a Hizam que ele havia recebido sua cidadania em 1990 “devido a um erro do departamento”.

Hizam entrou com uma ação para exigir que o governo dos EUA ratifique sua cidadania e emita um novo passaporte para ele.

Funcionários do governo americano disseram que não estavam autorizados a comentar o caso.