Esposa de brasileiro detido quer ajuda da comunidade

0
448

Genario Vitória foi preso por estar no lugar errado, na hora errada e sua mulher procura um advogado desesperadamente

O mineiro de Resplendor, Genario Vitória, foi preso em Dania Beach, semana passada, por causa de um acidente de trânsito do qual nem sequer participou. Agora, ele está preso na cadeia de Pompano Beach e pode ser deportado dos Estados Unidos para desespero de sua companheira Ozilene Teixeira, mãe de seus dois filhos ” menino de 4 anos, autista, e menina de 3 anos, portadora de albinismo em alto grau -, que está tentando de todas as formas parar o processo de deportação, uma vez que Genario lhe disse que pode receber uma ordem de deportação até esta terça-feira.

Aliás, o problema de Genario é ele já ter uma ordem de deportação emitida em 2004 e ainda pendente. Trabalhando bastante para manter a família ” os dois filhos com necessidades especiais e a companheira, grávida pela terceira vez -, o mineiro estava com seu patrão, um brasileiro naturalizado americano, quando uma mulher bateu na traseira de seu carro. A polícia chegou para fazxer a ocorrência e o policial pediu uma identificação para Genario. Aí, ao consultar a base de dados, ele foi informado sobre a ordem de deportação pendente e levou o rapaz preso.

Agora, Osilene está desesperada. Sem condições de trabalhar, por estar grávida e ter de cuidar de duas crianças com necessidades especiais, a mulher quer urgentemente a ajuda de um advogado que possa deter a deportação de Genario, o provedor da família.
Além disto, as crianças, que nasceram aqui e são cidadãs americanas, não encontrarão assistência médica especializada no Brasil, sobretudo em Minas Gerais, estado natal de Genario, e muito menos em Rondônia, onde nasceu Ozilene. “O que me tocou foi uma carta escrita por um médico daqui e endereçada ao Serviço de Imigração pedindo para as crianças permanecerem nos EUA, talvez o único país do mundo onde elas podem ter o atendimento necessário”, disse Ozilene, com a voz entrecortada.

Por isto, ela está suplicando para que um advogado entre em contato com ela e consiga ajudar a tirar Genario Vitória da prisão, a fim de que ele permaneça no país e possa trabalhar para sustentar a família. O advogado e as pessoas que quiserem ajudar Ozilene podem contatá-la pelo telefone (561) 305-2141. ou quem quiser colaborar pode ainda fazer doações diretamente na conta conrrente de Osilene Teixeira. O banco é Wachovia Bank e o número da conta corrente é 1010292592140.