Estratégia ousada no futebol garante supremacia da Nike

0
587

Marca supera a rival Adidas e fatura mais de dois bilhões de dólares por ano

A Nike está absoluta no futebol mundial. A marca de material esportiva que patrocina a seleção brasileira superou a rival Adidas no esporte mais popular do planeta, graças à sua ousada estratégia num mercado que movimenta, só entre as duas maiores do setor, cerca de quatro bilhões de dólares por ano.

O trabalho para ampliar a sua penetração no futebol foi iniciado pela Nike em 2007, quando a empresa comprou a Umbro, outra grande empresa forte na época. O golpe de misericórdia, porém, foi dado quando os norte-americanos da Nike fizeram uma proposta de 42 milhões de euros por temporada para providenciar o fornecimento de material esportivo da seleção francesa, que tinha contrato com a alemã Adidas, que dominou o mercado nas últimas cinco décadas.

Para se ter uma ideia do crescimento da Nike nos últimos anos, basta dizer que a empresa rendia 40 milhões anuais por volta de 1995, mas o volume de negócios já atingiu a casa de dois bilhões de dólares em 2009. Para anunciar a liderança global no futebol, a empresa organizou um evento em Londres e aproveitou a ocasião para lançar a nova camisa amarela da seleção brasileira. Além do time de Dunga, outras equipes que vestirão Nike são Portugal, EUA e Japão. Já a Argentina, Espanha, Alemanha terão material esportivo da Adidas.