Estudo mostra diminuição no número de deportações nos Estados Unidos

0
367

O número de ordens de deportação emitidas pelos juízes nas cortes imigratórias dos Estados Unidos está diminuindo, segundo relatório publicado esta semana por um órgão de pesquisas acadêmica da Universidade de Syracuse, no estado de New York.

De acordo com dados do estudo, as ordens de deportação diminuíram nos últimos três meses do ano passado, após a Polícia de Imigração e Alfândega (ICE) ter ordenado uma mudança na política imigratória, sob a qual fiscais que representam os interesses do governo federal perante as 59 cortes imigratórias do país podem solicitar aos juízes que suspendan as deportações de imigrantes indocumentados que não possuem antecedentes criminais ou estão incursos em delitos menores.

As cifras no estudo do grupo de pesquisa, conhecido como Transactional Records Access Clearing House (TRAC), também mostram que o número de imigrantes indocumentados que têm recebido autorização das cortes para permanecer no país está aumentando. Este padrão também se tornou evidente nos últimos três meses de 2011, segundo os pesquisadores.

Conforme o relatório do TRAC, que também está disponível na internet, o número de estrangeiros que as cortes de imigração permitiram que ficassem no país, após seus casos de deportação terem sido encerrados ou suspensos, chegou a 18,266 entre outubro e dezembro de 2011 – o maior número de autorizações de permanência em um período de três meses nos últimos quatro anos.