EUA anunciam mais um plano de ajuda ao mercado de crédito

0
743

Fed promete 600 bilhões de dólares para o setor imobiliário e outros 200 bilhões para estimular consumo. Secretário do Tesouro, Henry Paulson, afirma que pacote dará liquidez às instituições financeiras

O Federal Reserve (o Banco Central dos Estados Unidos), em mais uma forte intervenção no sistema financeiro, anunciou um programa de 600 bilhões de dólares para comprar dívida relacionada a hipotecas e ativos e outros 200 bilhões de dólares para comprar ativos ligados a dívida de consumidores. O plano tem como objetivo atingir o centro dos problemas econômicos dos Estados Unidos, o problemático mercado imobiliário, gerado pela crise do subprime no início de 2007.
“Esta ação está sendo tomada para reduzir o custo e aumento a disponibilidade de crédito para compra de moradias, o que, por sua vez, deve dar sustentação aos mercados imobiliários e contribuir para a melhora das condições financeiras de modo geral”, destacou o Fed em comunicado.
O BC norte-americano vai comprar até 100 bilhões de dólares em dívidas emitidas por Fannie Mae, Freddie Mac e pelo Federal Home Loan Banks. O Fed também irá comprar até 500 bilhões dólares em ativos hipotecários garantidos por Fannie Mae, Freddie Mac e Ginnie Mae. Além disso, a instituição lançou um instrumento de 200 bilhões dólares para apoiar empréstimos ao consumidor, incluindo estudantes, automóveis e cartão de crédito, além de empréstimos garantidos pelo órgão federal Small Business Administration.
“Um dos maiores problemas que temos é que há falta de demanda por dívida. Vimos o mercado para dívida securitizada como cartões de crédito ou financiamento a estudantes secar completamente. Acho que o programa deve ajudar a desbloquear os mercados de crédito”, avaliou Scott Brown, economista-chefe da Raymond James & Associates, aqui na Flórida.
Para o secretário do Tesouro, Henry Paulson, “vai demorar algum tempo até que o programa surta efeito, mas a ajuda pode até ser incrementada”. Em entrevista coletiva, ele disse que o importante agora é dar início ao pacote. “Isso dará liquidez às instituições, o que beneficiará os consumidores”, afirmou Paulson. O anúncio da ajuda financeira do governo foi divulgado um dia após o presidente eleito, Barack Obama, apresentar sua nova equipe econômica e assegurar à Nação que o trabalho já começaria imediatamente junto à administração Bush.