EUA anunciam propostas para atrair mais imigrantes qualificados

0
1211

Cônjuges dos portadores de visto H-1B que estiverem em processo de residência poderão também ganhar autorização de trabalho

WASHINGTON — A Casa Branca divulgou hoje uma proposta para estimular a imigração e a permanência de profissionais qualificados no país. O Departamento de Segurança Nacional (DHS – Department of Homeland Security) anunciou duas medidas que facilitarão essa permanência. De acordo com o boletim de Washington, os cônjuges de portadores de visto H-1B que estejam em processo de mudança de status para residente permanente poderão trabalhar enquanto esperam a aprovação da petição. Atualmente, os cônjuges, portadores do visto H-4, não podem trabalhar até que se tornem residentes permanentes através do marido ou esposa.

“As propostas anunciadas hoje (6) vão estimular a vinda de mão de obra estrangeira altamente qualificada para os Estados Unidos, o que favorecerá os negócios e o crescimento da economia americana”, disse o secretário de Homeland Security, Alejandro Mayorkas. “No esforço de fazer com que o país mantenha sua competitividade com relação a outros países que atraem mão de obra de alto nível, estamos estendendo a autorização de trabalho para os cônjuges dos trabalhadores. Os Estados Unidos continuam precisando de trabalhadores epecializados, tanto imigrantes quanto não-imigrantes.”

As propostas serão publicadas em breve no Federal Register.

O visto H-1B é muito usado pelas empresas americanas em busca de trabalhadores estrangeiros com alta qualificação profissional, principalmente em ciências, engenharia de software ou programação de computadores. Não raro, os empregadores acabam requisitando a residência permanente para os portadores de H-1B, que depois de residentes podem tornar-se cidadãos americanos em cinco anos.

A regulamentação corrente não permite a autorização de trabalho ao cônjuge do portador de H-1B, ao qual é concedido o visto H-4. A mudança proposta pelo DHS estenderia esse privilégio aos portadores de H-4 a partir do momento em que seus cônjuges portadores do H-1B solicitem a residência permanente através do empregador.

O benefício seria estendido aos portadores de H-4 quando o seu cônjuge portador de H-1B preenchesse as seguintes condições:

• São beneficiários de uma petição aprovada do I-140, Immigrant Petition for Alien Worker; ou

• Foram beneficiados com uma extensão do seu período de permanência autorizada nos EUA através do American Competitiveness in the Twenty-first Century Act de 2000 (AC21) e emendado pelo 21st Century Department of Justice Appropriations Authorization Act. AC21 permite que portadores de H-1B que buscam a permanência permanente no país de forma legal possam esperar no país o resultado de seu processo além do limite de seis anos.