Histórico

EUA aprova interceptação de e-mails e de ligações telefônicas sem autorização judicial

O governo norte-americano deve assinar, ainda este mês, uma lei aprovada pela Câmara de Representantes e pelo Senado, que permite à agências de espionagem interceptarem e-mails e telefonemas feitos para fora dos Estados Unidos. A lei foi aprovada, segundo os deputados, para reforçar a segurança do país. A idéia é poder rastrear a comunicação entre pessoas que vivem nos Estados Unidos e estrangeiros, sem a necessidade de autorização judicial. Apesar de ser uma medida preventiva contra o terrorismo, a nova lei não agrada grupos pós-imigrantes que vêm a legislação como invasão de privacidade e usurpação da democracia do país.
A lei foi aprovada por 227 votos contra 183, na Câmara dos Representantes e no Senado conseguiu o score de 60 votos contra 28.