EUA envolvem milhares de jovens em estudo sobre diabete

0
732

Um grupo terá comida mais saudável e Educação Física mais rigorosa

Milhares de jovens, de cinco Estados americanos, tomam parte em um estudo para determinar se as escolas podem reduzir o risco da diabete tipo 2, ao oferecer opções saudáveis na cantina e mudar as aulas de Educação Física. “Queremos saber se há um caminho estrutural para evitar a diabete em vez de só dizer aos garotos, ´coma direito´”, disse Gary Foster, diretor do estudo.
e a partir de 11 anos, por um período de dois anos e meio. Espera-se que os resultados sejam apresentados em 2009.

Um grupo de estudantes será exposto aos alimentos e instruções de Educação Física que são oferecidos na maioria das escolas americanas, e um segundo grupo terá comida mais saudável, Educação Física mais rigorosa e receberá conselhos sobre saúde.

Na semana passada, alguns estudantes de sexta série já começaram a passar pela triagem inicial do estudo – envolvendo altura, peso, medida da cintura, pressão sanguínea e exame de sangue.