EUA vão punir indocumentados reincidentes com prisão

0
633

Penas para deportados que retornam ao país variam de cinco a 20 anos

Os policiais de imigração norte-americanos fizeram uma advertência aos indocumentados que foram deportados e regressaram aos Estados Unidos: as penas para este tipo de crime federal variam de cinco a 20 anos de detenção e a lei passará a ser colocada em prática de forma mais efetiva. Não se trata de uma nova legislação, mas como o número de imigrantes que retornaram ao país mesmo depois de terem sido expulsos aumentou muito, as autoridades entenderam por bem cumprir o que manda a chamada Lei do Castigo, aprovada pelo Congresso em 1996.

Segundo Nicole Navas, da Polícia de Imigração (ICE – Immigration and Customs Enforcement) de Miami, os indocumentados reincidentes podem ser condenados até a 20 anos de prisão em caso de algum crime cometido no passado. “Estamos trabalhando junto ao Departamento de Justiça para identificar os casos com antecedentes criminais”, disse Navas. O fiscal federal Alex Acosta confirmou que as autoridades judiciais estão colaborando ao máximo com o ICE para identificar aqueles que violam as leis imigratórias, para levá-los aos tribunal.

Atrás das grades

Um caso ilustrativo desta nova postura aconteceu no início de novembro, quando os mexicanos Enrique Espino Hernández e Jaime Santibañez foram considerados culpados em um tribunal federal de Miami. Mesmo depois de terem sido deportados, os dois retornaram ao sul da Flórida, onde acabaram sendo descobertos pela polícia local. Enrique recebeu pena de cinco anos de prisão, enquanto que Jaime, que foi detido em Palm Beach sob acusação de porte ilegal de arma, passará os próximos 15 anos atrás das grades.