Exposição em Chicago retrata imigrantes como super-heróis

0
518

Fotos da artista Dulce Pinzón mostram dificuldades enfrentadas em nome do sonho da América

A mostra ‘Declaration of Immigration’, em cartaz no Museu Nacional de Arte Mexicana, em Chicago, está dando o que falar. Na exposição, a fotógrafa Dulce Pinzón decidiu retratar imigrantes reais em situações cotidianas de trabalho, mas com um detalhe que faz toda a diferença: os homens e mulheres estão vestidos como super-heróis. O conceito abrange as dificuldades enfrentadas pelos estrangeiros que chegam aos Estados Unidos em busca de uma vida melhor.

As fotos não deixam de ser bem-humoradas, mas o objetivo da artista está sendo alcançado. “É tocante, pois nunca havia pensado em quanto estas pessoas lutam no dia-a-dia para conseguir sobreviver em um país estranho”, afirmou o americano John Mason, durante a abertura da exposição. Uma das fotografias é de Minerva Valencia, baby-sitter de uma família americana de Nova York, fantasiada de Mulher Gato; outra mostra Noe Reyes, entregador de pizza do Brooklin, na ‘pele’ do Super-Homem.

“Este é um tema que afeta todo o mundo. Os imigrantes são seres humanos que moram e contribuem para este país. Portanto, se você é pró-América, necessariamente deve ser pró-imigrante”, afirmou o presidente do museu, Carlos Tortolero. Além das fotos, a exposição tem ainda quadros e esculturas de outros 70 artistas mexicanos, sempre tendo como pano de fundo a questão imigratória.