Exposição polêmica chega ao sul da Flórida

0
823

Mostra, que foi proibida em Fort Lauderdale, pode ser vista em Miami, a partir de amanhã

Provocando polêmica por onde passa, a mostra “Bodies… The Exhibition” finalmente chega ao sul da Flórida. A exposição, composta de 20 cadáveres e 260 órgãos do corpo humano – incluindo fetos e genitais masculinos –, será inaugurada amanhã (dia 22 de setembro), no Sunset Place, em Miami, depois de causar desconforto e admiração em vários pontos dos EUA e do exterior. Se em Tampa mais de 600 mil visitaram as ‘obras de arte’, em Fort Lauderdale a mostra foi proibida pela Prefeitura.
“Os cadáveres e órgãos servem para que o público entenda melhor sobre o corpo humano”, justificam os organizadores da exibição. Os corpos são dissecados, como numa aula de anatomia, e submetidos a um processo de conservação com silicone – parecem bonecos ou peças de borracha. Outro objetivo da exposição é alertar sobre os efeitos da obesidade e do cigarro no corpo humano: na mostra é possível comparar, por exemplo, um pulmão saudável com outro devastado pelo alcatrão e pela nicotina.
Outra questão que desperta o interesse do público é tentar adivinhar qual a origem dos corpos expostos. Os organizadores afirmam que foram cedidos pelo governo chinês: especula-se que pertenciam pela Escola Universitária de Medicina de Dalian (norte da China) e seriam de criminosos executados naquele país.