Fã de J.K. Rowling, brasileiro cria mundo fantástico em série de livros

0
2282

Escritor nascido em Goiás e morador de Boca Raton fala sobre o universo que explora nos livros “The Whispers of the Fallen”

Caio Campos

DIVULGAÇÃO
Escritor JD Netto

Escritor JD Netto

Ele nasceu na pequena Firminópolis, em Goiás, mas ao se mudar aos 12 anos para bem longe dali, mais precisamente para Framingham, em Massachusetts, nos Estados Unidos, logo descobriu uma forma de ampliar ainda mais seus horizontes: resolveu, munido de caneta, papel e muitas ideias, criar seu próprio universo.

Apaixonado pela escrita e pela obra de mestres da literatura fantástica, como J.R.R. Tolkien (de “Lord of the Rings”), C.S. Lewis (“The Chronicles of Narnia”) e J.K. Rowling (“Harry Potter”), o jovem deu origem a Elysium, mundo em que se passa a ação de seus livros “The Whispers of the Fallen” – série que no segundo semestre de 2015 passa a ser uma trilogia, com o lançamento de um novo volume da saga. Leia a seguir entrevista concedida pelo escritor J.D. Netto ao AcheiUSA.

AcheiUSA – O que o atraiu para o mundo da literatura?
J.D. Netto – Desde criança sempre fui fascinado por mundos fictícios. Enquanto outros garotos jogavam futebol ou soltavam pipa, eu pegava um papel e uma caneta, me trancava em meu quarto, escrevia e desenhava por horas. No ínicio da minha adolescência, descobri as obras literárias de J.R.R. Tolkien, C.S. Lewis e Michael Chrichton. Fascinado pelo mundo que haviam criado e pela complexidade de suas histórias, decidi que um dia criaria o meu mundo também. Algo que sempre me chamou a atenção é o poder por trás de uma história. Histórias se tornam parte da vida das pessoas, moldam culturas, impactam gerações. Como não querer ser parte de algo tão fascinante?

AU – Quais escritores brasileiros e internacionais o inspiram?
JDN – Na minha infância, sempre gostei das obras de Monteiro Lobato, mas sou vidrado nas obras de J.K. Rowling, John Green, Suzanne Collins e Veronica Roth.

AU – Ter estudado nos Estados Unidos foi um obstáculo para que conhecesse a literatura brasileira?
JDN – Um pouco, pois seguia o currículo de leitura escolar, o qual introduzia obras da literatura americana e inglesa.

AU – Por que o senhor veio para os EUA? De que lugar no Brasil imigrou para cá?
JDN – Me mudei para os Estados Unidos com 12 anos de idade. Como a história de muitos, eu e minha família nos mudamos em busca de uma vida melhor. Morei em Framingham, MA dos meus 12 aos 18 anos e logo depois, me mudei para Boca Raton, FL. Nasci no estado de Góias em uma pequena cidade chamada Firminópolis, localizada a uma hora de distância de Goiânia.

DIVULGAÇÃO
Capa livro de JD Netto

Capa livro de JD Netto

AU – Como é o universo retratado em seus livros?
JDN – Os acontecimentos da saga The Whispers of the Fallen acontecem no mundo de Elysium. Criei um mundo com vários reinos e povos, vítimas da afronta de Lucifer depois que caiu do mundo de Tristar. Existem dragões e outras criaturas, frutos da minha imaginação. Me divirto quando estou criando meus monstros! Há também sete mares ao redor de Elysium. A paisagem é diversificada e varia de acordo com a localização de cada reino. O leitor se depara com desertos, montanhas, rios, cavernas misteriosas e sombrias.

AU – O senhor tem vontade de inserir algum ingrediente brasileiro nas histórias que escreve (um personagem, um cenário, um nome etc)?
JDN – Na verdade, nesse terceiro livro existe uma montanha baseada na Chapada dos Guimarães. Quando criança, visitei a famosa cachoeira Véu de Noiva e me lembro de ter ficado maravilhado com o que via. A imagem da densa vegetação e dos rios cristalinos nunca deixaram minha memória. Inclusive tenho um livro fotográfico da chapada o qual me inspiro para criar alguns lugares de Elysium.

AU – Quais seus projetos futuros? “The Whispers of the Fallen” será uma trilogia?
JDN – No momento estou na minha parte favorita de todo o processo. Estou terminando de escrever a terceira obra da série, o qual será entitulada “The Gathering of Shadows”. O livro será lançado dia 31 de Outubro e será publicado pela Untreed Reads, editora localizada na Califórnia. Estou também trabalhando com Dave Eggar na produção de uma canção inspirada na série, a qual leva o título de “Here In The Shadows”. Tive o privilégio de ter composto parte da obra músical. Dave Eggar já foi nominado ao Grammy e trabalha com várias bandas como Evanescence, Phillip Phillips, Josh Groban e Rihanna. Um de seus trabalhos recebeu 3 premiações do Grammy nesse ano pelo albúm de Roseanne Cash. Outros músicos envolvidos são Chuck Palmer, renomado por seus trabalhos com Lucia Micarelli e Amy Lee, e Dina Fanai, a qual já trabalhou com a famosa Trans Siberian Orchestra.

AU – Há planos de lançar os livros em português?
JDN – Esse com certeza é um projeto que eu e minha editora temos planejado há algum tempo. Até 2016, queremos ter os primeiros três livros da série em português.

AU – Se os livros virassem filmes, que atores gostaria de ver interpretando seus personagens?
JDN – Essa é uma ótima pergunta. Creio que todo autor sonha com isso! Bem, no meu caso, vou falar dos principais personagens. Sempre achei que Graham Phillips `da série de TV “The Good Wife”` seria um excelente Isaac; Landon Liborion `da série de TV “Hemlock Grove”` seria Demetre; Sam Heughan `da série de TV “Outlander”` interpretaria Devin e Izabella Miko `do filme “Clash of Titans”`, Nephele.