Famílias vão continuar vigília no Broward Transition Center

0
480

Dezenas de ‘dreamers’ e mães se revezam em frente a prisão de imigrantes em Pompano Beach

As famílias de indocumentados e ‘dreamers’ que estão fazendo uma vigília em frente ao Broward Transition Center, em Pompano Beach, desde sábado (12) vão continuar no local por pelo menos duas semanas. Eles já pediram a extensão da autorização de permanência e querem chamar a atenção dos governantes em prol da reforma imigratória. Eles planejavam deixar o gramado em frente ao BTC hoje (15) pela manhã.

O grupo, que se reveza noite e dia, estava planejando uma barricada em frente ao BTC na tentativa de impedir a saída de ônibus com indocumentados para deportação, mas desistiu e resolveu permanecer no local. Alguns dos manifestantes fizeram greve de fome durante o fim de semana.

Eles estavam lá na madrugada de segunda-feira (14) quando mais um ônibus com aproximadamente 50 imigrantes indocumentados saiu em direção ao aeroporto. Toda semana um grupo é deportado. Os manifestantes em Broward fazem parte de um movimento nacional que planeja acampar em todos os centros de detenção de imigrantes no país para chamar a atenção da sociedade para o problemas da imigração nos EUA.

Todas as noites eles fazem um ato ecumênico para oferecer apoio emocional aos que estão separados de familiares devido à falta de documentação para viver legalmente no país. Durante o dia, eles permanecem na calçada erguendo cartazes exigindo a liberação dos presos e uma reforma imigratória rápida e justa.

O grupo fez um apelo à comunidade pedindo água, comida e visitas ao local (3900 North Powerline Road). Eles também querem oferecer atividades no fim de semana durante as visitas das famílias dos indocumentados, por isso estão solicitando aos artistas da região que compareçam ao acampamento para apresentações culturais.